Massacre de Mutantes

Massacre de MutantesConsiderado como um dos arcos mais importantes para a história dos X-Men, Massacre de Mutantes aconteceu durante uma fase estranha para o grupo. Exemplo disso é a presença de Magneto como diretor da escola Xavier e o fato de que nenhum dos membros originais estava na equipe.

A premissa da história é bastante simples: por algum motivo misterioso, o grupo de vilões conhecidos como Carrascos decidiu exterminar todos os morlocks. Para isso, se infiltram nos túneis localizados abaixo de Manhattan e começam a matar todos que veem pela frente, sem nenhum aviso ou explicação sobre suas motivações.

Não demora muito para que entrem na história os X-Men e os Exterminadores/X-Factor, que se preocupam mais em resgatar os sobreviventes do que dar fim à matança que ocorre. Além deles, Thor e a equipe há muito extinta conhecida como Quinteto Futuro dão as caras em algum momento, seja para proteger algum mutante importante ou até mesmo para providenciar um funeral para aqueles que sucumbiram nos túneis.

Momento de transição

Massacre de MutantesComparado com os acontecimentos que permeiam o universo mutante atualmente, os acontecimentos de Massacre de Mutantes parecem bastante desconexos. Desde a formação da equipe até a maneira como alguns personagens interagem entre si, fica a sensação de não se tratar dos mesmos X-Men de hoje.

Porém, antes de rejeitar totalmente a história há de se levar em conta que se tratam de acontecimentos ocorridos há 20 anos. A saga,  vista como uma das mais violentas de sua época, dificilmente provoca qualquer tipo de choque agora, em que é comum ver um verdadeiro rio de sangue com direito a decapitações e outros elementos típicos do gore em qualquer história.

A sensação que fica após a leitura de Massacre de Mutantes é que a história serve mais como uma introdução para acontecimentos futuros do que uma saga com grandes revelações. Além de só ficar claro quem é a figura por trás dos Carrascos em um arco futuro, certos eventos tem suas consequências reais desenvolvidas somente no futuro, como a transformação do Anjo em Arcanjo pelas mãos de Apocalypse.

Lida fora de contexto, Massacre de Mutantes causa estranhamento por não responder nenhuma pergunta. Porém, quem se preocupar em pesquisar os acontecimentos posteriores da vida dos X-Men vai perceber que a série plantou sementes para vários acontecimentos futuros, incluindo mudanças na equipe principal e o surgimento do Excalibur.

Afinal, vale a pena?

Ao contrário de sagas como Guerra Civil e Dinastia M, Massacre de Mutantes possui um apelo bastante reduzido para o fã de quadrinhos atual. A não ser que você seja um verdadeiro fanático pelos mutantes ou queira reviver uma história clássica que já leu no passado, a  leitura está longe de ser obrigatória.

Porém, quem investir na compra do encadernado da Panini (que sai por R$ 29,90) dificilmente vai se arrepender. A história está longe de ser memorável, mas é daquelas que vale a pena manter na estante nem que seja para reler novamente daqui a alguns anos com uma perspectiva diferente.

Anúncios
Esse post foi publicado em Quadrinhos, Reviews e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Massacre de Mutantes

  1. thiago wendling disse:

    Eu gostei bastantinho, e como disse em outros posts, sou dcnautaaa!

    boa leituraaaa!

    ate!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s